Reembolsos de IVA suportado no estrangeiro

Reembolsos de IVA suportado no estrangeiro

A falta de conhecimento ou a elevada burocracia leva a que muitas empresas ainda não beneficiem da recuperação do IVA no estrangeiro.

A empresa pode deduzir todo o imposto suportado na aquisição de bens e serviços desde que esses bens e serviços sejam utilizados pela empresa para a realização de operações sujeitas a imposto e dele não isentas.

O período do reembolso deve reportar-se ao ano civil anterior, desde que o montante a reembolsar não seja inferior a 50€. No entanto, poderá ser solicitado o reembolso referente ao imposto suportado no próprio ano civil (respeitante a um período não inferior a três meses consecutivos) desde que o montante a reembolsar seja superior a 400€.

Estas despesas não devem ser negligenciadas visto que representam um custo económico significativo que pode chegar a 27% da despesa suportada no estrangeiro.

Os requisitos para a empresa se enquadrar neste benefício são os seguintes:

  • Estar sujeita a IVA no país de origem;
  • Não estar estabelecida no país em que é solicitado o reembolso;
  • Não liquidar IVA no país em que é solicitado o reembolso.

Na FORGESP CONSULTORES dispomos de um departamento de contabilidade com profissionais experientes na recuperação de IVA no estrangeiro. Fazemos o enquadramento gratuito da elegibilidade da sua empresa perante a legislação em vigor. Fale connosco.