Sistemas de Gestão

Implementação, Manutenção e Consultoria

Porquê trabalhar connosco?

O nosso trabalho é desenvolvido à medida das necessidades dos nossos clientes, partindo sempre de uma análise da situação atual e das suas expectativas. Tendo por base a experiência e recorrendo à nossa metodologia interna, trabalhamos os Sistemas de Gestão de forma integrada, procurando sempre as soluções mais simples e que garantam os melhores resultados.

- Ampla experiência na implementação, manutenção e consultoria em SG;
- Ferramentas otimizadas e adaptadas à realidade de cada organização;
- Ritmos de trabalho adequados às necessidades de cada organização;
- Técnicos em permanente atualização com as melhores práticas e diretrizes.

ISO 9001

Sistema de Gestão da Qualidade

ISO 45001

Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

ISO 14001

Sistema de Gestão Ambiental

ISO 4457

Sistemas de Gestão Investigação, Desenvolvimento e Inovação

ISO 22000

Sistemas de Gestão Higiene e Segurança Alimentar

NP EN ISO 9001

Gestão da Qualidade

Existem diversos fatores que influenciam diretamente a definição de qualidade, como a cultura, o tipo de produto ou serviço prestado, as necessidades e expectativas das várias partes interessadas.

O Sistema de Gestão de Qualidade é um conjunto de elementos integrados na estrutura de uma organização, que funcionam como um motor para dar resposta à sua política e objetivos da qualidade. Desta forma, a qualidade é assegurada com processos e procedimentos específicos, desenhados individualmente, sendo assegurada a melhor forma de esta atender às expectativas dos clientes.

Quais são os benefícios da certificação NP EN ISO 9001?

A certificação ISO 9001 ajuda as organizações a melhorar o seu desempenho global, proporcionando uma base sólida para o seu crescimento sustentado. A certificação ocorre após uma conclusão bem-sucedida de uma auditoria da norma ISO 9001 por entidade externa e permite à organização:

  • Benefícios Internos:
    – Conseguir fornecer, de forma consistente, produtos e serviços  que satisfaçam quer os requisitos dos seus clientes, quer de outras partes interessadas;
    – Sensibilização acrescida para a qualidade;
    – Definição das responsabilidades e competências dos colaboradores;
    – Maior motivação dos colaboradores;
    – Melhoria da produtividade;
    – Melhorias internas da Organização;
    – Gestão de processos mais eficiente;
    – Diminuição do número e criticidade das não conformidades e das reclamações.
  • Benefícios Externos:
    – Melhoria da imagem da empresa;
    – Melhoria da posição competitiva;
    – ISO 9001 como ferramenta de Marketing;
    – Melhoria da comunicação e do relacionamento com o cliente e outras partes interessadas;
    – Aumento da satisfação do cliente;
    – Aumento da quota de mercado;
    – Acesso a novos mercados.

Esta certificação permitirá à sua empresa reduzir o risco organizacional e promover a saúde e a segurança ocupacional, prevenir acidentes e, em muitos casos, ir além dos requisitos legais.

Um Sistema de Gestão da Saúde e Segurança Ocupacional (SGSSO) é um elemento fundamental da estratégia de gestão de risco organizacional. A norma ISO 45001 estabelece o padrão mínimo global para a proteção dos trabalhadores. A sua implementação permite à organização:

– Trabalhar para melhorar o seu ambiente de trabalho, quer para os seus colaboradores, quer para outras partes interessadas;
– Cumprir os requisitos legais;
– Facilitar o desenvolvimento contínuo.

A ISO 45001 será a nova norma internacional para um SGSSO. Embora seja semelhante à OHSAS 18001, a norma ISO 45001 adota a estrutura superior do Anexo SL, presente em todas as normas de sistemas de gestão ISO novas e revistas.

Quais são os benefícios da certificação NP EN ISO 45001?

O grande foco da ISO 45001 é o contexto organizacional. A norma exige que a organização tenha em conta a expectativa das partes interessadas em termos de gestão da saúde e segurança ocupacional. A intenção da ISO 45001 é fornecer à organização um alto nível de compreensão das questões que podem afetar (positiva ou negativamente) a forma como gere as suas responsabilidades de saúde e segurança ocupacional em relação aos seus colaboradores. Questões críticas são aquelas que afetam a capacidade da organização de atingir os resultados pretendidos. A ISO 45001 foi desenvolvida tendo em consideração outras normas e é consistente com os padrões internacionais de trabalho da OIT.

NP EN ISO 45001

Saúde e Segurança

NP EN ISO 14001

Gestão Ambiental

A ISO 14001 foi desenvolvida com o objetivo de permitir que as Organizações que a implementam respondam às necessidades cada vez mais exigentes de proteção ambiental, atualizando e melhorando as suas práticas ambientais

A ISO 14001 prevê requisitos para a gestão mais eficaz dos aspetos ambientais das suas atividades, tendo em consideração a proteção ambiental, prevenção da poluição, cumprimento legal e necessidades socioeconómicas.

Quais são os benefícios da certificação NP EN ISO 14001?

A ISO 14001 é uma norma de certificação ambiental internacionalmente reconhecida que tem como finalidade fornecer o modelo para a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). O objetivo deste norma é criar equilíbrio entre a rentabilidade e a redução do impacte ambiental da Organização. O SGA pode ser definido como parte do sistema global de gestão que inclui a estrutura funcional, as atividades de planeamento, a definição de responsabilidades, os processos formalizados em procedimentos e os recursos necessários para os concretizar, manter, desenvolver e rever de modo continuado a sua Política Ambiental. O SGA consiste numa abordagem sistemática na gestão dos aspetos ambientais, apresentando como objetivo a melhoria contínua do desempenho ambiental da Organização. Os benefícios da sua implementação passam por:

  • Criação de novas oportunidades de negócio com clientes ambientalmente conscientes, e pela competitividade alcançada através da redução de custos;
  • Melhoria do ambiente de trabalho, a ética e a motivação dos colaboradores.
  • Demonstração de elevados níveis de conformidade ambiental nos concursos a contratos ou na expansão local de novos negócios.

O conceito de inovação é encarado com um mecanismo gerador de riqueza, cujo impacte e utilidade resulta em benefícios para a organização e para a sociedade.

A Norma Portuguesa 4457, publicada pelo Instituto Português da Qualidade, vem definir requisitos de um sistema eficaz de Gestão da Investigação Desenvolvimento e Inovação (IDI), sendo aplicável a qualquer organização. A norma NP 4457 baseia-se num modelo de inovação, suportado por interfaces e interações entre o conhecimento científico e tecnológico, o conhecimento sobre a organização e o seu funcionamento, e o mercado ou a sociedade em geral. O conceito de Inovação subjacente a esta norma é o mais abrangente possível, incluindo novos produtos, serviços, processos, métodos de marketing ou organizacionais.

A norma tem por objetivo definir os requisitos de um sistema eficaz de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI), permitindo que as organizações que o adotem definam uma política de IDI e alcancem os seus objetivos de inovação.

Quais são os benefícios da certificação NP EN ISO 4457?

O sistema de Gestão da IDI de acordo com a NP 4457 é a forma ideal para as Organizações canalizarem todo o seu conhecimento e toda a sua criatividade, concretizando-os em Inovação. Ou seja, a criação de riqueza através da introdução de novidades no mercado ficará sistematizada, organizada e disponível para qualquer parte interessada (fornecedores, clientes, consumidores) reconhecer a sua excelência.

Construir um Sistema de Gestão IDI que cumpra os requisitos exigidos permite uma maior fluidez de informação em toda a Organização, melhorando o reconhecimento e a compreensão das responsabilidades e inter-relações organizacionais.

NP EN ISO 4457

Gestão Investigação, Desenvolvimento e Inovação

NP EN ISO 22000

Higiene e Segurança Alimentar

Este Sistema de Gestão é uma ferramenta de proteção alimentar que tem por base o método preventivo. Elimina ou reduz a possibilidade de ocorrência de perigos biológicos, físicos e/ou químicos. Identifica as fases ou locais onde esses mesmos perigos podem ocorrer e decide quais são os críticos para a saúde do consumidor.

A implementação/manutenção de sistemas de gestão alimentar, utilizando a metodologia HACCP através das orientações dos Regulamentos (CE) nº 852/2004, 853/2004, Codex Alimentarius de cada setor e referenciais normativos (ex. ISO 22000), nomeadamente:

– Visita de diagnóstico ao estabelecimento e elaboração do relatório técnico com vista ao levantamento das respetivas constatações verificadas;
– Acompanhamento periódico por meio de visitas/auditorias higio-sanitárias às instalações;
– Auditorias de diagnóstico e verificação;
– Material de apoio: Manual de Boas Práticas de Higiene e Fabrico/Produção aplicado ao setor e documentação associada (impressos);
– Elaboração do Manual HACCP personalizado para cada setor de atividade/estabelecimento incluindo o Plano HACCP;
– Formação de sensibilização em Segurança Alimentar;
– Integração do Sistema HACCP em Sistemas de Segurança Alimentar com vista à certificação.

Quais são os benefícios da certificação NP EN ISO 22000?

O sistema HACCP pode ser aplicado em todas as empresas/estabelecimentos do setor alimentar que levem a cabo uma ou mais das seguintes atividades:

Fabrico * Preparação * Embalagem * Transformação * Transporte *
* Armazenamento * Manipulação * Distribuição *

Fatores de sucesso para a implementação de um sistema de segurança alimentar:
– Comunicação interativa ao longo de toda a cadeia alimentar;
– Implementação de boas práticas de fabrico/produção e de segurança alimentar;
– Controlo de Perigos (princípios HACCP);
– Cumprimento dos requisitos de um Sistema de Gestão.

Benefícios de um sistema de segurança alimentar:
– Garantia, junto dos parceiros da cadeia alimentar, de um controlo eficaz e dinâmico dos potenciais perigos associados aos géneros alimentícios;
– Capacidade de fornecimento permanente de produtos alimentares seguros de acordo com os requisitos de segurança alimentar estabelecidos pelos clientes e pela legislação aplicável ao setor alimentar em causa;
– Garantia de uma comunicação transparente e organizada entre os vários elos da cadeia alimentar;
– Implementação de procedimentos estruturados que impliquem o envolvimento de toda a Organização nos processos de melhoria contínua.